Tuesday, November 14, 2006

Sou jovem!

Antigamente, não muito tempo atrás, lembro que telefone era apenas e tão somente um objeto usado para falar com outra pessoa.

Tinha uns 5 anos, não mais do que isso. Morava num distrito de uma cidade pequena. Dá para imaginar o tamanho da vila que eu morava. Lá, lembro-me claramente, havia apenas um telefone, que ficava na administração (tipo prefeitura) local. Quando alguém ligava, lá vinha a telefonista chamar (a pé mesmo). O nome dela, também me recordo, era Geni. Coitada! Naquela época fazia sucesso um música de Chico Buarque...

Bom, mas o fato é que cresci com a idéia de que telefone é para ser usado quando se quer falar com outra pessoa. E talvez por isso, ainda tenho certa dificuldade de me relacionar com o celular.

Não tenho uma única mensagem na caixa de email. Não sei como usar esse recurso!
Fotos? Três, no máximo!

Internet? Fico irritado em ter de entrar em milhões de telinhas...

Então, celular para mim continua tendo a mesma função do telefone residencial.

E pensar que aqui no Japão, hoje dá até para assistir tevê pelo celular, fazer compras (sim, ele funciona como uma carteira), passar pela catraca do metrô, do trem... dá até para fazer video-conferência!

Às vezes fico impressionado com a velocidade do desenvolvimento.

Ontem mesmo, a figura da Geni, magra, vestido de chita, cara de boazinha, no portão de casa para avisar que tinha ligação...

e olha que ainda sou jovem! Muito jovem!

6 comments:

Maíra said...

Oi Ewerthon, é verdade, como as coisas mudaram e tão rápido. Eu até gosto de tecnologia e uso um bocado do que o celular oferece, mas ainda falta muito!!! A tv no celular, por exemplo, nunca vi, apesar do meu celular possibilitar isso... Quem sabe um dia.
Bjitos

Gisele Scantlebury said...

Tao poetico esse post... Welcome back!!! Eu nao tenho lembranca de ter telefonista na minha cidade.. Alias, nao lembro quando foi que obtivemos nosso primeiro telefone. Vou perguntar a minha mae... Fiquei curiosa agora. Beijos!

Marianne said...

Nossa, verdade. quando eu estava aí era um sacrifício falar com vc. ô homi que não gosta de telefone... eu amo telefone! hahahahaa. beijos.

Paulo said...

O novo layout ficou muito bom!
A evolução tecnológica está tão rápida, que lançam novos modelos de celular antes que eu aprenda a usar o que tenho...

Tô ficando pra trás!

Abraço

Raquel said...

Não sei pra quê inventam tanta coisa. Pra mim o celular podia ser só pra telefonar, deixar recado ou mandar mensagem de texto. O resto é só pra deixar a gente mais estressado.

Angélica Camacho said...

Yo adoro el celular, no puedo salir nunca sin el y soy fanática en usar casi todas sus funciones. Por eso me resulta extraño y hasta divertido tu post. Hay tanto que agradecerle a la tecnología como tanto que reprocharle también.