Wednesday, November 01, 2006

Vida de desempregado no Japão

A vida de um desempregado no Japão não pensem que é diferente de qualquer outro país!

Faz duas semanas que passei a ser mais um por aqui.

Assim como eu, há por volta de 340 mil outras pessoas desempregadas no arqupélago! Fui em busca do seguro desemprego, que aqui é dado até àqueles que pedem as contas (meu caso). E pasmem: vou receber o auxílio por seis meses! Isso, é claro, se eu não arranjar outro emprego antes disso.

Pois, assim que eu arranjar outro emprego, vou lá e cancelo. Os japoneses, uma grande parcela, são honesto.
Mas, para garantir que você não está dando o golpe no estado, eles vasculham tudinho e, se descobrirem que você esta trabalhando, mesmo que informalmente, terá de pagar uma multa e devolver tudo o que ganhou do auxílio!

É isso!
Para o alto e avante!



OBS: Como bem lembrou o Marcos Tanaka, vou receber apenas três meses de seguro-desemprego. Só pessoas acima de 45 recebem seis meses.

14 comments:

Karina Almeida said...

duro eh quem trabalha, mas nao tem esses direitos todos ne?

tem contratos e contratos. no japao, todo mundo recebe bonus duas vezes por ano. inclusive voce ne? mas eu nao tenho direito...

e aposto que se eu ficar desempregada, tambem nao vou ter esse direito aih.

snif, snif, snif...

ai, que reclamona ne? so queria acrescentar, que tambem assim como no brasil, aqui nao eh todo mundo que tem todos esses direitos :P

Karina Almeida said...

ps: me chamaram de chata por causa desse comentario. que vergonha!

deixa eu me defender. hihihi...

todo mundo que me conhece sabe que eu adoooooro o japao. tambem fiquei impressionada quando voce me contou que ficaria tranquilao durante seis meses, mas a regra nao vale pra todos.

acho legal voce contar isso, pra gente saber que os contratos de trabalho nao sao todos iguais :)

Maíra said...

Tomara que você arrume logo outro emprego e dos bons!!! =)
Bjão

Gisele Scantlebury said...

Ewerthon, so nao entendi uma coisa: o seguro desemprego vem do governo (como no Brasil)ou eh alguma contribuicao que voce paga enquanto empregado e a empresa meio que devolve quando voce desempregado (tipo uma poupanca compulsoria)?

Tambem espero que voce encontre um trabalho bem bacana e logo, logo, nao precise desse dinheirinho ai.

Para o alto e avante! said...

PARA KARIE,
Se vc eh uma contratada e paga os impostos etc, vc tem direito sim ao seguro desemprego!
Independente se o seu contrato for de escrava ou nao...


PARA MAIRA,
Brigadissimo!!!

PARA GISELE,
Minina, nao sei te responder! Acho que eh do governo igual no Brasil, mas nao tenho certeza!
Como era na Nova Zelandia?

Angélica Camacho said...

Espero que pronto tengas muchisimo trabajo, casi tanto como Karina... pero donde te reconozcan toooodo lo que mereces.
Yo se que si, que de aqui a poco vc tendrá un gran empleo.

Karina Almeida said...

serio? tomara!

ah, voce quer me complicar eh? eu nao disse que sou escrava nao, viu?! so disse que nao tenho os mesmos direitos que voce tinha :D

marcos tanaka said...

v eh velho hein? Enm geral o auxilio desemprego eh so tres meses... no maximo 60% do seu salario ate o limite de 200000 yens.. por tres meses ....so pessoas com mais de 45 anos recebem 6 meses pq os japoneses sabem q eh quase impossivel achar emprego depois dos 45 anos,,, Alias, discriminacao por idade eh legal no japao... ja viu q todo anuncio de emprego so pede pessoas ate 35 anos?

marcos tanaka said...

por exemplo, no canada v recebe 9 meses de auxilio desemprego e o governo paga os custos se v quiser fazer um mestrado... mulheres gravidas recebem um ano de auxilio desemprego ( no japao 4 meses e na verdade a moca gravida eh praticamente obrigada a se demitir).... V sabe como eles forcam mocas gravidas a se demitirem? Fazem elas carregarem caixotes pesados e fazem os horarios delas extremamente irregulares...dai a pessoa nao ganha o suficiente e tem de se demitir.... shoganai...

marcos tanaka said...

opa..agora q eu vi q v tem so 30 anos ....desculpas... mas como v conseguiu receber 6 meses de auxilio desemprego? 6 meses sao sao so pra pessoas com mais de 45 anos... Explica essa dica ai pra nos.... Fiquei muito curioso.... Tem jeitinho brasileiro no japao tb?

marcos tanaka said...

e se v for empregrado temporario (haken shain) v tem q contribuir por um tempo muito maior (quase um ano). Empregados regulares tem de contribuir pelo menos 6 meses. Em geral, se v contribuiu mais de um ano ) e qto mais alto seu salario) , o q v recebe de auxilio desemprego mal consegue cobrir o q v pagou (a menos q seu salairo seja abaixo do limite de 200000 yens)

marcos tanaka said...

outra coisa ...v eh muito mal informado .....

"Pois, assim que eu arranjar outro emprego, vou lá e cancelo. Os japoneses, uma grande parcela, são honesto."

se v conseguir achar um emprego antes do seu auxilio desemprego terminar o governo te da um reembolso... pra incentivar pessoas a acharem emprego o mais rapido possivel... Se informe melhor antes de colocar esses comentarios incorretos... Terceiro..muitos japoneses jovens trabalham uns meses, recebem o auxilio desemprego e vao viajar pela Tailandia... Tem ate um bairro na tailandia, cheio de albergues e muito famoso, aonde quase todos os hospedes sao japoneses dando um tempo na vida....nem todo mundo eh honesto como v pensa... Ja ouviu falar de neets e furetas? leia esse livro " Shutting Out the Sun"
How Japan Created Its Own Lost Generation
Written by Michael Zielenziger
Social Science - Sociology | Nan A. Talese | Hardcover | September 2006 | $24.95 | 978-0-385-51303-6 (0-385-51303-8)

Debby Fujimoto Tsubasa said...

É gente!
Feliz de quem está podendo pedir demissão, numa época em que brasileiros e outros latinos estão sendo demitidos e trocados por mão de obra mais barata aos montes.
Só para completar e para ninguém dizer que não está nessa situação pq trabalha com isso e aquilo, que está melhor... pq estudou, sabe o idioma e etc... como de costume no Japão...

Com excessão de estudantes, a grande maioria dos brasileiros mantem negócio próprio voltado para a própria comunidade, ou trabalham para essas empresas, dependendo tbm desses trabalhadores que estão sendo demitidos. Eles são o carro chefe de tudo em nossa comunidade.

Na verdade, todos temos nossos direitos assegurados por lei e deveres tbm no Japão.
Assim como pagar o Shakai Hoken e recolher o seguro desemprego. Quem não faz isso são as empreiteiras, com consentimento do trabalhador ou até por falta de informação do mesmo que só pensa em juntar dinheiro e não pensa no amanhã, pq já vai voltar ao Brasil.

Vivam de acordo as leis de cada país para que possam lutar por seus direitos.


Ewerton, seu blog é muito bacana mesmo.
Independente das informações não serem totalmente corretas de acordo com o ponto de vista legal, expõem bem sua opinião.


abraCo.

Anonymous said...

Escrita interessante neste blog, postagens como aqui está realção ao indivíduo que aparecer neste blog !!!
Entrega mair quantidade de este sítio, aos teus leitores.